sábado, 19 de janeiro de 2008

Fotojornalismo (5)

Documentos divulgados na internet (http://www.child-soldiers.org/), apontam um crescimento do recrutamento de crianças como soldados. Os piores casos foram os da Costa do Marfim, Libéria e República Democrática do Congo. Na Colômbia, Mianmar, Sri Lanka, Afeganistão e Uganda a situação também é grave. "Esta foto, como qualquer foto é fisicamente muda. Fala pela boca do texto que vem escrito abaixo. As legendas tendem a exagerar os dados da visão; mas nenhuma legenda consegue restringir, ou fixar de forma permanente, o significado de uma imagem. Mesmo uma legenda inteiramente acurada não passa de uma interpretação, necessáriamente limitadora, da foto à qual está ligada."
© Susan Sontag

Foto: © Peter Marlow (Zâmbia - 1978)

3 comentários:

Luis disse...

Oi, estive aqui visitando o museu virtual.
Os menores são, em todos os casos, os condenados e submetidos as piores condições: seja na família desestruturada, seja na guerra.
Infelizmente nada pode ser feito. A guerra, em território nacional, são os bolsões de miséria, a favelização e a falta de planejamento familiar.

bj

Luis

Meg disse...

Oi Luis,

As nossas crianças-soldados do tráfico aparecem em um documento de natureza internacional. Reconhecer que existe um problema é o primeiro passo. Depois... É dizer que não temos nenhum problema, que está tudo sob controle.

Beijos

Meg disse...

Luis,

Modifiquei o texto desse post (sem comprometer os nossos comentários), de acordo com a proposta do blog.

Beijos