quarta-feira, 6 de agosto de 2008

VU

A revista VU foi criada em 28 de março de 1928 e editada por Lucien Vogel (1886-1954), fotógrafo e editor do La Gazette du Bon Ton e do Jardin des Modes. Vogel sempre se interessara mais por política do que por moda e estava fascinado pelo poder da fotografia, o primeiro número da revista continha mais de 60 fotos. Vogel emprega os melhores fotógrafos da época como, André Kertész, Man Ray, Brassaï, Germaine Krull, Martin Munkacsi e Robert Capa, cuja foto mais célebre, a do soldado legalista espanhol baleado, foi publicada pela primeira vez em 1936. Vogel sabia o que fazer para que as fotografias contassem uma história. Um dos seus esforços pioneiros foi a página dupla central, aliada à técnica de impressão por rotogravura que garantia a qualidade dos negativos. Com a colaboração de Alexander Liberman, editor artístico, Vogel produzia layouts justapondo imagens e criando fotomontagens. Ele atribuía sua habilidade de manipular livremente as fotos ao fato de que "não havia culto à fotografia naquela época", não havia a interferência dos fotógrafos. Por volta de 1936, os ensaios que criticavam os fascistas tornaram-se mais frequentes e a revista começa a perder os anunciantes, assim, Vogel é forçado a vender a revista para um empresário de direita. Foto de capa: © Man Ray

2 comentários:

vertigem disse...

esse post é tao interessante que nao merece ficar com 0 comentario ! vamos conversar depois sobre vu, le jardin des modes e...man ray !!

Anônimo disse...

Estou lendo a biografia de Henri Cartier Bresson e tomei conhecimento de Lucien Vogel e de suas publicações.Além de revolucionar a revista com enfase nas fotografias e contratando bons fotógrafos, anteviu os malefícios do nazi-fascismo e os combateu através de seus artigos. Merecia um filme, fica a idéia.
Pontaria.