quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Edward Weston (2)


Apresentação em vez de interpretação era uma das justificativas citadas por Edward Weston (1886-1958). Para ele, a apresentação significava a tentativa de ilustrar as coisas por si próprias, de mostrar a sua essência. Achei interessante colocar essas duas imagens juntas para mostrar a força visual de sua obra, toda a intencionalidade que reside na apresentação da forma natural e nos objetos naturais, a expressão e sua relação com todas as outras formas.
Fotos: © Edward Weston

4 comentários:

Luis De La Silva disse...

Lindas fotos Meg.
Muito sensual o corpo feminino. Apesar da primeira foto lembrar-me de cara, um quadro de Tarsila do Amaral, fico encantado de olhar as coxas da modelo, a procurar um pouquinho da tão desejada celulite. Como é bela a mulher Meg. Deus nos presenteou com esta dádiva tão saborosa. O castigo é querer tantas e não poder quase nenhuma rsrsrs.

Beijos

meg disse...

Oi Luis,

Tem razão, a foto lembra o quadro "O Abapuru".
Obrigada pela visita. Toda a felicidade que houver nessa vida pra você!
Beijos

Samoça disse...

Seu amigo tem toda razão . Quando olhei a foto lembrei do quadro da Tarsila do Amaral .

A concha me pareceu um feto .

Formas que em algum lugar se encontram .
Taí, gostei do seu blog,parabéns .

Abraço Samoça .

meg disse...

Oi Samoça,

Obrigada pela visita.

Um grande abraço