sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Fotojornalismo (22)

A vitória dos aliados na Primeira Guerra Mundial, em 1918, modificou o mapa da África: as colônias alemãs ficaram sob domínios inglês, belga e francês. O movimento de emancipação irrompido antes da Segunda Guerra Mundial acelerou-se a partir de então. A década de 1960 marca a conquista da independência da maior parte dos países da África. O fotógrafo inglês, Ian Berry (foto: visita da rainha Elizabeth II a Gana, 1961) documentou toda a agitação política, nesta época ele trabalhava para o Randy Daily Mail e para a revista africana Drum. Em 1962, Henri Cartier-Bresson convidou-o a se juntar à agência Magnum Photo. Em 1978, publicou o livro The English. Ian Berry continua a viver e trabalhar na África do Sul. Jomo Kenyatta, Primeiro Ministro e depois Presidente do Quênia de 1964 a 1978, afirmou: "Quando os brancos vieram para a África, nós tínhamos a terra e eles, a Bíblia. Eles nos ensinaram a rezar de olhos fechados. Quando os abrimos, os brancos tinham a terra e nós a Bíblia."
Foto: © Ian Berry

5 comentários:

vertigem disse...

a década de 6O marcou também as evoluçoes sociais mais instigantes de nosso tempo ! o rockenrou e o chiclete, sem falar no aspirador e na televisao ! e aquelas luvas de plastico pra lavar louça...primeiro produto de beleza pra nossas maos, sem falar no cold cream ! hahaha

ah ian berry....que olho magico !

mas essa foto me incomoda, me da uma sensaçao de...apartheid ! a rainha branquinha ali no meio, a unica boca que sorri na imagem ! sera que o sorriso foi pra ian berry ou so pra camera dele ?

Meg disse...

A composição dessa imagem é especial. Forcei a barra com esse texto capenga só para reproduzí-la no blog.
O sorriso da rainha, a diplomacia à sombra.

vertigem disse...

diplomacia é ? cade ?


( meg, quantas pages views vc tem ? cara, um blog desses sem muitos e apaixonados residentes, é impossivel...)

Meg disse...

Os amigos lêem, mas dificilmente comentam. Você acredita que tem até quem diga que é contra a sua religião? (risos)

Vertigem,
O que você acha do layout, está tudo muito cinza? Pode falar a verdade.

vertigem disse...

adoro a sobriedade do layout meg ! cinza nao é uma cor triste, nao em se tratando de fotografia ! o cinza é uma matiz do preto e do branco...
essa home é elegante, silenciosa e intensa ! parece uma galeria, o lugar ideal pra se apreciar imagens...

mas se quiser mais luxo, bota uma vitrolinha ali ao lado...com uma playlist maneira...

( e trata de indexar melhor o blog...é uma pena aqui nao ser mais frequentado )