sábado, 2 de agosto de 2008

Fotografia e história

"As imagens sem conta produzidas a partir de 1840 dos microaspectos captados de diferentes contextos sociogeográficos têm preservado a memória visual de inúmeros fragmentos do mundo, dos seus cenários e personagens, dos seus eventos contínuos, de suas transformações ininterruptas. Estas imagens são documentos para a história e também para a história da fotografia. É a fotografia um intrigante documento visual cujo conteúdo é a um só tempo revelador de informações e detonador de emoções. (...) Conteúdos que despertam sentimentos profundos de afeto, ódio ou nostalgia para uns, ou exclusivamente meios de conhecimento e informação para outros que os observam livres de paixões, estejam eles próximos ou afastados do lugar e da época em que aquelas imagens tiveram origem. Desaparecidos os cenários, personagens e monumentos, sobrevivem, por vezes, os documentos." © Boris Kossoy
Foto: © Byron Company Collection (1901 ou 1902)

2 comentários:

vertigem disse...

é mesmo ! essa foto ai me detonou uma emoçaozinha !

mas nao deixa de ser um cadaver : um instante morto ( em 1901 ou 1902)

Meg disse...

O kossoy é um delirante apaixonado profissional, principalmente quando o assunto é iconografia fotográfica, fonte de informação histórica.