terça-feira, 11 de novembro de 2008

Bruno Boudjelal


Bruno Boudjelal, franco-argelino, produziu ensaios sobre os caminhos da imigração turca na França. Sua primeira viagem ao país foi em 1993, quando seu pai resolveu regressar à Argélia. Para Boudjelal foi mais do que uma jornada fotográfica, ele iria descobrir suas origens e traçar um panorama sobre a comunidade turca e sua diversidade geográfica. As fotografias mostram também, o confronto dos argelinos, suas tradições e a busca por uma modernidade cultural. Em 1996, as imagens foram publicadas no livro Gurbet: turcs d'ici, que Boudjelal considera um trabalho difícil e doloroso de reconstrução de sua identidade. Nas sucessivas viagens à Argélia passou a fotografar em cores e diante de um cenário de violência, adotou a técnica de disparar a câmera sem olhar no visor, que ele descreve como um ato "instintivo", mas não menos carregado de muita emoção. Atualmente, Bruno Boudjelal, membro da agência VU, realiza projetos fotográficos em diversas cidades africanas.

2 comentários:

Clara disse...

Gosto muito da cultura islâmica. Atrai-me, seduz-me. a primeira foto está encantadora.

Beijinhos

meg disse...

Clara,
Você conhece a história das fotografias de mulheres argelinas feitas por Marc Garanger em 1960? Em breve farei um post.